Arduíno no ensino de física - João Cláudio Nunes Cavalho - Ifce

Arduíno no ensino de física
Prof. João Cláudio Nunes Carvalho

A relevância do laboratório de ciência é inquestionável pelos professores, pois a prática experimental consolida a aula teórica, extrapolando a abstração dos conceitos e relações estabelecidas durante a exposição teórica de um conteúdo. Em virtude desta importância, as discussões sobre o tema têm conduzido algumas pesquisas sobre o laboratório didático de Ciências, surgindo classificações quanto ao método empregado. Filho (2000), apresenta algumas concepções relativas à organização das práticas experimentais nos laboratórios de ciência.

Como uma alternativa de baixo custo para experimentos de física, temos o uso do Arduíno:

Arduino, por vezes traduzida ao português como Arduíno,[2] é uma plataforma dehardware livre, projetada com um microcontroladorAtmel AVR de placa única, com suporte de entrada/saída embutido e uma linguagem de programação padrão,[3] na qual tem origem em Wiring, e é essencialmente C/C++.[4] O objetivo d…

Gota de água resolve problema de alta tecnologia

Gota de água resolve problema de alta tecnologia: "Gota de água resolve problema de alta tecnologia

Gota de água resolve problema de alta tecnologia

Gota de água resolve problema de alta tecnologia

São muitos os nomes pelos quais eles são conhecidos: películas, películas finas, filmes, filmes finos - isso sem contar as versões não traduzidas. São materiais produzidos em camadas tão finas que muitas vezes essas camadas possuem poucas moléculas de espessura. A composição é tão diferente quanto a sua utilização, que vai da construção de transistores plásticos até a proteção anti-corrosiva de metais.

Películas ultra-finas

Materiais tão finos não podem ser manipulados normalmente - eles simplesmente se rasgariam. Mas medir suas propriedades mecânicas é um passo essencial para se garantir que eles vão cumprir o papel que se espera deles.

Como se fazia isso até agora? De posse de um microscópio eletrônico e conhecendo a formulação química da película, os cientistas faziam um monte de cálculos, geralmente utilizando programas de computador específicos para cada material, conhecidos como simuladores. Os resultados dessas simulações, aliados a algumas suposições e conjecturas, dava um valor considerado razoável. Funcionava, claro, mas longe de qualquer exatidão.
"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Arduíno no ensino de física - João Cláudio Nunes Cavalho - Ifce

DICAS PARA ENEM - João Cláudio Nunes Carvalho

DICAS PARA ENEM - Parte 3